Já pensou em se tornar um doador de sangue? Descubra como!

Multiclínica já soma 43 anos de cuidado com a saúde dos clientes
Multiclínica: 43 anos de cuidado com a saúde de seus clientes
17 de outubro de 2017
prevencao do cancer
Prevenção do câncer: hábitos de vida ajudam a evitar a doença
27 de novembro de 2017
Doador de sangue

Em 25 de novembro é comemorado o Dia Internacional do Doador de Sangue. A data tem por objetivo trazer visibilidade à importância da doação, já que esse ato salva vidas, além de ser muito simples, tranquilo e seguro.

Doar sangue é muito mais do que importante. É essencial. O processo consiste na retirada de, aproximadamente, 450 ml de sangue do doador e se assemelha a exames sanguíneos em geral, ocorrendo através da inserção de uma agulha descartável em um dos braços.

Indolor, o procedimento leva cerca de 55 minutos e é realizado por profissionais capacitados, sob supervisão de médicos ou enfermeiros.

A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber para se tornar um doador de sangue.

O importante papel do doador de sangue

Você sabia que apenas 1,8% da população brasileira é doadora de sangue? Os dados, disponibilizados no portal do Ministério da Saúde, indicam que o percentual está dentro dos parâmetros da Organização Mundial da Saúde (OMS). Porém, o estoque limitado no SUS e na Hemorrede Pública preocupam autoridades e pacientes que necessitam de doação de sangue.

O doador de sangue possui um importante papel na sociedade: salvar vidas. Vítimas de acidentes ou de outros casos clínicos, que necessitam de transfusão e cirurgia, precisam da doação de sangue para obter componentes sanguíneos. O sangue não possui nenhum material sintético substituto. Por isso, o ato de doar é tão crucial.

Existem três diferentes formas de doar sangue:

  • Doação espontânea: é a doação de sangue voluntária, que não destina o sangue a um paciente específico
  • Doação vinculada/de reposição: a doação de sangue é voltada a um paciente específico
  • Doação autóloga: é a doação de sangue recebida pelo próprio doador

Quem pode doar sangue? Entenda os critérios

Todas as pessoas que possuem boas condições de saúde podem doar sangue. Porém, alguns critérios determinados pelo Ministério da Saúde são necessários para garantir proteção ao doador e segurança para quem recebe o sangue.

Confira algumas instruções para doação de sangue, segundo o site do Ministério da Saúde:

Requisitos básicos para ser um doador de sangue:

  • Em pacientes entre 16 e 18 anos incompletos, a doação deve ser realizada mediante o consentimento dos pais ou responsáveis
  • Ter até 69 anos, 11 meses e 29 dias de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido realizada antes dos 60 anos
  • Ter 50kg ou mais
  • Estar alimentado previamente à doação, evitando alimentos gordurosos
  • Ter dormido, no mínimo, seis horas nas últimas 24 horas

Impedimentos temporários para doação de sangue:

  • Para doar sangue é preciso estar bem de saúde. Portanto, caso o pré-candidato à doação esteja gripado, resfriado ou com febre é necessário esperar 7 dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Período gestacional
  • Período pós-gravidez (90 dias para o parto normal e 180 dias para a cesária)
  • Período de amamentação
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas antecedentes
  • Tatuagens ou piercings feitos nos últimos seis meses – piercing em cavidade oral ou região genital impedem a doação
  • Procedimentos com a utilização de endoscópio nos últimos seis meses
  • Comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis: 12 meses devem ser aguardados

Impedimentos definitivos para doação de sangue:

  • Hepatite após os 10 anos de idade
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças (transmissíveis pelo sangue): hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV l e ll e Doença de Chagas;
  • Malária
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis

Seja sempre sincero ao preencher o formulário inicial para doação de sangue e evite a transmissão de doenças para outros pacientes. Se você cumpre os requisitos para ser um candidato à doação de sangue, que tal procurar um Hemocentro em sua cidade e ajudar a salvar vidas?

Aproveite, ainda, para compartilhar este artigo em suas redes sociais e informe seus amigos sobre a importância de se tornar um doador de sangue!


Compartilhe e deixe seu comentário abaixo!

191 Compart.
Compartilhar191
+1
Twittar
Compartilhar