Prevenção do câncer: hábitos de vida ajudam a evitar a doença

Doador de sangue
Já pensou em se tornar um doador de sangue? Descubra como!
20 de novembro de 2017
consulta com fonoaudiólogo
Consulta com fonoaudiólogo: quando é necessária?
11 de dezembro de 2017
prevencao do cancer

Em 27 de novembro lembramos o Dia da Prevenção do Câncer. Criada em 1988, a data possui como objetivo principal a ampliação do conhecimento da população sobre as formas de evitar e tratar a doença.

Dados atualizados da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que, anualmente, 8,8 milhões de pessoas morrem de câncer, em sua maioria nos países de baixa e média renda.

O número mostra-se à frente da média anual registrada em 2012, quando houve 8,2 milhões de mortes. Por isso, a Multiclínica separou diversas dicas de hábitos e cuidados que devem ser tomados para auxiliar a prevenção de diferentes tipos de câncer.

Confira, abaixo, dicas que contribuem para a prevenção do câncer.

Cuidados que contribuem para a prevenção do câncer

O câncer ultrapassa barreiras de etnia, idade, sexo ou nacionalidade. Basicamente, é uma doença que pode atingir qualquer pessoa, independentemente das condições pessoais. Por isso, a disseminação das formas de prevenção e o diagnóstico precoce são as formas mais eficazes de auxiliar a população no combate ao câncer.

O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) possui, em seu site, diversas informações sobre prevenção e fatores de risco associados ao câncer. Acompanhe:

Não fume: ao fumar, são liberadas no ambiente mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas, as quais são inaladas por fumantes e não fumantes. Quando você não fuma, consegue se prevenir, principalmente, do câncer de pulmão, cavidade oral, laringe, faringe e esôfago.

Mantenha uma alimentação balanceada: a alimentação deve ser variada, equilibrada, saborosa, proporcionando prazer e saúde. Frutas, legumes, verduras, cereais integrais e feijões são os principais alimentos protetores.

Mantenha o peso corporal adequado: estar acima do peso aumenta as chances de desenvolver câncer. Por isso, é importante controlar o peso por meio de uma boa alimentação e manter-se ativo. Cerca de um terço de todos os casos de câncer podem ser evitados com alimentação saudável, manutenção de peso corporal adequado e exercícios físicos.

Pratique atividades físicas diariamente: a atividade física consiste na iniciativa de se movimentar, de acordo com a rotina de cada um, por exemplo: caminhar, trocar o elevador pelas escadas, entre outros.

Amamente: o aleitamento materno é a primeira alimentação saudável. A amamentação exclusiva até os seis meses de vida protege as mães contra o câncer de mama e as crianças contra a obesidade infantil.

Mulheres entre 25 e 64 anos devem fazer um exame preventivo ginecológico a cada três anos: as alterações das células do útero são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolau) e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso, é importante a realização periódica deste exame.

Evite a ingestão de bebidas alcoólicas: seu consumo, em qualquer quantidade, contribui para o risco de desenvolver câncer.

Exposição ao sol: evite a exposição ao sol entre 10h e 16h, e use sempre proteção adequada, como chapéu, barraca e protetor solar, inclusive nos lábios.

Vacine contra o HPV as meninas de 9 a 14 anos e os meninos de 11 a 14 anos: a vacinação e o exame preventivo (Papanicolaou) se complementam como ações de prevenção do câncer do colo do útero. Mesmo as mulheres vacinadas, quando chegarem aos 25 anos, deverão fazer um exame preventivo a cada três anos, pois a vacina não protege contra todos os subtipos do HPV.

Sintomas de câncer: fique atento!

A OMS afirma que um dos principais problemas relacionados ao câncer é que muitas vezes a doença possui o diagnóstico tardio. Mesmo em países com alto acesso a serviços de saúde, muitos casos de câncer são diagnosticados em estágio avançado, quando a doença possui um difícil tratamento.

Existem diversos tipos de câncer e muitos deles são assintomáticos, ou seja, não aparentam sintomas perceptíveis. Assim, o paciente pode confundir o câncer com outras doenças ou até mesmo não identificá-lo. Nesse sentido, é essencial que haja acompanhamento médico durante todas as fases de vida do paciente, pois quanto mais cedo o câncer for detectado, maiores as chances de sucesso no tratamento.

Por isso, como diversas outras doenças, a melhor forma de prevenção do câncer é o acompanhamento médico através de especialistas. O check-up geral, por exemplo, prática comum e amplamente recomendada a todos os cidadãos, deve ser realizado anualmente, de forma que doenças em estágio prematuro sejam detectadas.

No Dia da Prevenção do Câncer, ajude a disseminar as formas de prevenção e tratamento da doença, compartilhando este artigo em suas redes sociais!


Compartilhe e deixe seu comentário abaixo!

73 Compart.
Compartilhar73
+1
Twittar
Compartilhar