Sintomas de hipertensão arterial: fique atento!

medico obstetra
Relembre o papel do médico obstetra na manutenção da saúde
25 de Abril de 2018
consulta com oftalmologista
Relembre a importância de fazer uma consulta com oftalmologista periodicamente
7 de Maio de 2018
sintomas de hipertensao arterial

O Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial é celebrado em 26 de abril. A data traz consigo a reflexão sobre a importância da prevenção da doença e a atenção aos sintomas da hipertensão arterial.

No artigo de hoje, você compreenderá quais são as principais características da pressão alta, seus sintomas e como a prática de atividades físicas pode auxiliar no controle da doença. Continue a leitura!

Atenção aos sintomas de hipertensão arterial evita progressão da doença

A hipertensão arterial é uma das doenças mais democráticas do mundo todo, já que surge independentemente da cor da pele, do sexo, idade ou condição social. Dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) mostram que, somente no Brasil, cerca de 25% da população brasileira adulta, 50% da população idosa e 5% das crianças e adolescentes possuem a doença.

A pressão alta, como também é conhecida, é responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames e 25% dos casos de insuficiência renal terminal, podendo também ocasionar outros males. As graves consequências da hipertensão arterial podem ser evitadas, desde que o quadro seja diagnosticado de forma prévia e que, depois de descoberto, seja tratado de maneira adequada para o controle da pressão.

Exercícios físicos combatem os sintomas de hipertensão arterial

Por muitos anos, a medicina acreditou que a prática de exercícios físicos poderia ser fatal para aquelas pessoas portadoras de pressão alta. Porém, os avanços científicos mostraram que a atividade física é extremamente eficaz para a diminuição dos níveis da pressão arterial.

A prática de exercício físico é uma estratégia coadjuvante no tratamento da hipertensão, pois pode levar à redução da pressão arterial e das doses de medicamentos (podendo até mesmo suspender seu uso), além de melhorar a qualidade de vida do paciente.

Além de propiciar a baixa da hipertensão arterial, os exercícios físicos colaboram com a diminuição do colesterol, glicemia e afins – que, juntos com a pressão alta, ameaçam ainda mais o sistema cardiovascular. No entanto, antes de começar a se exercitar, é essencial que o paciente busque auxílio médico para uma avaliação geral. O profissional da saúde também irá recomendar ao paciente quais são as melhores opções de atividades físicas para o quadro.

Por fim, é importante lembrar que as atividades físicas devem estar aliadas com outras práticas para uma vida mais saudável. Manter uma alimentação com sal reduzido, sem produtos embutidos e com preferência aos alimentos naturais, é uma das principais maneiras de manter a vida mais saudável.

Agora que você já sabe quais são os principais sintomas de hipertensão arterial, mantenha a atenção! Quando o assunto é saúde, a prevenção sempre será o melhor remédio.

Se você gostou deste artigo, compartilhe em suas redes sociais!

 


Compartilhe e deixe seu comentário abaixo!

47 Compart.
Compartilhar47
+1
Twittar
Compartilhar