Exame de papanicolau: qual é sua importância na manutenção da saúde?

Como se alimentar melhor? 4 estratégias para transformar seus hábitos
22 de fevereiro de 2019
Inclusão da prestadora LARIANA STEFANELLO
7 de março de 2019

O exame de papanicolau tem um papel importante na prevenção do câncer de colo de útero, doença que ocupa terceiro lugar entre as que mais acometem o sexo feminino.

O artigo de hoje explica com detalhes a importância do exame de papanicolau, qual a periodicidade correta para a sua realização e como ocorre o procedimento.

Siga a leitura!

Afinal, o que é o exame de papanicolau? Entenda sua importância

Em 1940, o médico romeno Georgios Papanicolau desenvolveu um teste que revolucionaria a ginecologia e traria qualidade de vida para mulher em todo o mundo.

O exame de papanicolau é realizado em clínicas ginecológicas para diagnosticar inflamação vaginal, doenças sexualmente transmissíveis como o HPV  e também para identificar a presença de câncer de colo de útero.

De acordo com o Instituto Lado a Lado pela Vida, cerca de cinco mil brasileiras por ano são vítimas da doença que poderia ter grande parte dos seus casos prevenidos com o exame anual de Papanicolau e vacina de HPV. O câncer do colo do útero é o 3º mais frequente nas mulheres brasileiras e o 4º na lista de responsáveis pelas mortes por câncer no país.

Sendo assim, a realização do exame é primordial para que lesões ou alterações do tecido uterino sejam identificadas, possibilitando o tratamento precoce de doenças em mulheres.

Como é realizado o exame de papanicolau?

Infelizmente, o exame de papanicolau é cercado de tabus. No entanto, é importante ter a consciência de que o procedimento é fundamental para garantir a qualidade de vida da população feminina.

O exame é realizado em consultório, por um (a) médico (a) ginecologista. Primeiramente, o profissional observa se existe a presença de alguma alteração na parte externa da vagina. Depois, inicia o exame de papanicolau.

Para dar início ao exame, o médico introduz um pequeno instrumento na vagina, para manter o canal vaginal aberto, permitindo assim a observação do colo do útero. Posteriormente, o ginecologista utiliza uma pequena espátula para coletar material do colo do útero. O material é guardado e levado para análise em laboratório.

Quem deve realizar o exame de papanicolau?

De acordo com as Diretrizes Brasileiras para o Rastreamento do Câncer do Colo do Útero, devem realizar o exame de papanicolau mulheres na faixa etária de 25 a 64 anos e que já tiveram atividade sexual.

No entanto, muitos ginecologistas afirmam que não existe uma idade correta. Todas mulheres que iniciam a vida sexual devem realizar anualmente o exame de papanicolau, afinal o vírus HPV só pode ser transmitido ao colo uterino por relação sexual.

O único período em que o exame não pode ser realizado é durante a menstruação da mulher. Antes de marcar o exame, cheque o calendário menstrual e calcule quando será a próxima menstruação.

Então, gostou da leitura? Não esqueça de comentar!


Compartilhe e deixe seu comentário abaixo!

30 Compart.
Compartilhar30
Twittar
Compartilhar